Última notícia
Dúvidas frequentes sobre a continuidade da certificação da sala cofre da sua empresa (parte 2)
Minha empresa realmente precisa da certificação da sala-cofre? Os testes exigidos para a certificação garantem o pleno atendimento a todas as especificações, comprovando o mais elevado nível de proteção, estanqueidade e assim, justificando o investimento de uma sala-cofre. Podemos exemplificar a importância da certificação com uma simples pergunta: Você pularia de um avião com um paraquedas não certificado? Se sua resposta for não, obviamente entendeu a importância da solução certificada. Afinal, quais as diferenças básicas entre sala-cofre certificada e sala segura? Considerando que a infraestrutura e seus subsistemas empregados na construção de uma sala-cofre podem ser os mesmos de uma sala segura, e assumindo que ambas soluções possuem a mesma área, quantidade de racks, potência elétrica instalada (geradores, UPSs, painéis, cabos), sistema de ar condicionado, cabeamento estruturado e automação (CFTV, controle de acesso, sistema de detecção precoce/combate ao incêndio), basicamente as diferenças se concentram nas características construtivas de cada solução. Diferente da sala segura, a célula sala-cofre certificada segue todos os pré-requisitos impostos pelas normas e procedimentos de ensaio, inclusive com testes simulando uma situação real de incêndio. Contudo, a célula sala segura pode ser construída utilizando painéis corta-fogo, paredes de alvenaria, dry wall corta-fogo, steel frame, divisória, vidro, entre outros, já que não há normas e certificações específicas para este tipo de solução para data center. Existem normas da ABNT para proteção corta-fogo, tais como a NBR 10.636 (ensaios em paredes e divisórias) que, muitas vezes, são exigidas para instalações de salas seguras. Porém, tais normas não simulam os testes em uma situação real de incêndio no data center, o que não garante os limites de temperatura e umidade internos, as proteções contra vazamentos e jato de água, fumaça, gases corrosivos ou queda de escombros, por exemplo. Portanto, a opção por uma solução certificada, sempre garante a contratação do provedor que melhor cumpre e garante todas as exigências técnicas, inclusive permitindo a equalização justa entre os proponentes e facilitando a contratação da melhor solução pelo menor investimento.
Leia mais
Construção de Data Centers
Eficiência Energética
Cidades Inteligentes
Sala Cofre
Construção de Data Centers
Para armazenamento e processamento de dados na era da transformação digital uma infraestrutura que garanta a continuidade das operações é essencial.
VER TODOS OS ARTIGOS >
Por que a aceco TI é a parceira ideal na construção de data centers ?
Toda empresa possui dados que estão em um Data Center. Sejam as micro e pequenas que hospedam seus dados na nuvem ou médias e grandes que preferem infraestruturas dedicadas. Se a sua estratégia envolve a construção de uma infraestrutura própria de TI, seja a construção de um novo ambiente ou a transformação de um existente, é importante contratar uma empresa especializada. A Aceco TI é referência em projeto e construção de Data Centers na América Latina. A Aceco TI é capaz de integrar soluções confiáveis que garantem a continuidade das operações. Os Data Centers Aceco TI são seguros e fornecem a alta disponibilidade necessária para suportar o fluxo de informações que possibilitam a continuidade dos negócios e prestação de serviços. Veja abaixo porque escolher a Aceco como sua parceira na construção do Data Center é a melhor escolha e ainda confira o depoimento de clientes Aceco TI.
Retrofit: solução para atualizar seu data center sem fazer paradas
Como qualquer tipo de infraestrutura, as instalações de um Data Center se desgastam com o tempo, podendo se tornar ultrapassadas. Além disso, com os avanços do negócio, novas demandas surgem e o ambiente que inicialmente foi projetado para atender às necessidades do início não mais é capaz de atender adequadamente as atuais.Nesses casos, uma solução bastante interessante é o Retrofit. Esse é um processo que promove a modernização de equipamentos e infraestrutura, podendo incluir alteração do layout, virtualização, incremento de energia elétrica, moving de ambiente, ampliação da área de produção, reestruturação da rede lógica, entre outros. Com o Retrofit, é possível prolongar a vida útil do Data Center, tornando mais funcionais e eficientes as instalações e equipamentos que ao longo do tempo se tornariam obsoletos. Não bastando, há outros benefícios como redução dos custos operacionais, economia de energia, melhoria da qualidade do ar e revitalização e valorização do imóvel. Portanto, esse processo representa também uma oportunidade estratégica para corrigir falhas e distorções que se acumularam com o tempo de funcionamento do Data Center, inclusive tirando proveito de novas ferramentas e tecnologias que tornam a gestão e o monitoramento mais simples e eficientes. Outro benefício importante é do ponto de vista legal. Com o passar dos anos, as exigências de normatização podem ser alteradas. O Retrofit também atualiza o sistema de acordo com as normas e padrões atuais. Quando chegar o momento de escolher entre executar o Retrofit do seu Data Center ou construir um novo, deve-se levar em conta duas principais variáveis: o custo de implementação/construção e o prazo disponível. Há casos, por exemplo, em que a primeira opção apresenta custo menor, porém, devido à complexidade da alteração, leva um tempo maior para ser concluída, o que pode prejudicar a continuidade dos negócios. Por outro lado, há casos em que o Retrofit demanda um investimento maior do que na construção de uma nova infraestrutura, mas pode ser executado em um tempo muito menor, o que gerará uma economia no médio prazo. Para saber qual é a melhor opção para a sua empresa, é necessário entender as etapas de um Retrofit:
Entenda o que são data centers em containers e data centers modulares outdoor
Os Data Centers são ferramentas indispensáveis para o crescimento dos negócios. É por isso que, quando uma empresa quer expandir suas atividades, é necessário que sua infraestrutura de TI seja capaz de acompanhar as novas demandas. Muitas vezes, porém, as organizações não têm um espaço adequado disponível no prédio ou dispõem de bastante espaço externo em suas dependências. Nesses casos, muitas empresas optam por construir Data Centers outdoor. São oferecidas no mercado duas soluções: o Data Center Container e o Data Center Modular Outdoor. O Data Center Container é um ambiente pré-fabricado e pré-montado que se oferece como uma boa solução para demandas reduzidas e temporárias, destacando-se pela facilidade de instalação e por ser muito prática para locais remotos. Uma das principais dos containers é seu espaço interno. Containers tradicionais possui 20 ou 40 pés, um espaço muito estreito, o que dificulta a operação e manutenção dos racks. Containers são estruturas rígidas, que não permitem aumento do espaço interno. Há empresa, no entanto, que comercializam containers customizados, com dimensões maiores, pensados para atender às demandas de um Data Center convencional. O Data Center Modular Outdoor, por sua vez, tem todas as características de um ambiente modular construído internamente. Pode ser ampliado sempre que necessário e se adequa a qualquer espaço disponível. O tempo de implementação é maior que o de um container, mas, em contrapartida, possui a infraestrutura e proteção físicas necessárias a um ambiente de missão crítica. Para optar por qualquer uma dessas soluções, é necessário avaliar o nível de criticidade do ambiente, a verba destinada à sua construção, o local disponível, entre outros fatores. Procure obter a orientação de especialistas em projeto e construção de Data Centers para auxiliá-lo a decidir pela solução que melhor atende à sua demanda.
Como obter eficiência energética em seu data center
Sabia que um único Data Center pode consumir uma quantidade de energia equivalente a milhares de residências? Por isso, a eficiência energética é um fator de extrema relevância, especialmente se a infraestrutura do Data Center estiver localizada em um país como o Brasil, onde o custo da energia elétrica é altíssimo: a tarifa industrial é a 14ª mais cara e a 7ª com maior carga tributária do mundo, segundo o estudo comparativo de tarifas de energia elétrica realizado pela Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (ABRADEE) em 28 países. Como as empresas estão sempre em busca de redução de custos e ganho de competitividade - o que se intensifica durante os períodos de instabilidade econômica - fica fácil entender a importância de se obter o melhor desempenho de um Data Center com o menor gasto de energia possível. Cada watt economizado conta!
Eficiência Energética
Precisamos ter uma mudança de paradigma com relação aos consumo energético de data centers.
VER TODOS OS ARTIGOS >
Cidades Inteligentes
Com a transformação digital, um grande volume de dados e informação são gerados a cada dia. A coleta e análise desses dados devem ser transformadas em insights para suportar a gestão integrada, eficiente e inteligente da cidade.
VER TODOS OS ARTIGOS >
A green4T faz seu primeiro investimento de venture capital na Scipopulis
No dia 5 de agosto, a green4T realizou seu primeiro investimento de capital de risco (corporate venture capital) na Scipopulis, uma empresa de inovação reconhecida por sua experiência na análise de dados complexos para cidades inteligentes e soluções de mobilidade urbana. Na transação, a Scipopulis foi avaliada em aproximadamente R$11,5 milhões.
Dúvidas frequentes sobre a continuidade da certificação da sala cofre da sua empresa (parte 2)
Minha empresa realmente precisa da certificação da sala-cofre? Os testes exigidos para a certificação garantem o pleno atendimento a todas as especificações, comprovando o mais elevado nível de proteção, estanqueidade e assim, justificando o investimento de uma sala-cofre. Podemos exemplificar a importância da certificação com uma simples pergunta: Você pularia de um avião com um paraquedas não certificado? Se sua resposta for não, obviamente entendeu a importância da solução certificada. Afinal, quais as diferenças básicas entre sala-cofre certificada e sala segura? Considerando que a infraestrutura e seus subsistemas empregados na construção de uma sala-cofre podem ser os mesmos de uma sala segura, e assumindo que ambas soluções possuem a mesma área, quantidade de racks, potência elétrica instalada (geradores, UPSs, painéis, cabos), sistema de ar condicionado, cabeamento estruturado e automação (CFTV, controle de acesso, sistema de detecção precoce/combate ao incêndio), basicamente as diferenças se concentram nas características construtivas de cada solução. Diferente da sala segura, a célula sala-cofre certificada segue todos os pré-requisitos impostos pelas normas e procedimentos de ensaio, inclusive com testes simulando uma situação real de incêndio. Contudo, a célula sala segura pode ser construída utilizando painéis corta-fogo, paredes de alvenaria, dry wall corta-fogo, steel frame, divisória, vidro, entre outros, já que não há normas e certificações específicas para este tipo de solução para data center. Existem normas da ABNT para proteção corta-fogo, tais como a NBR 10.636 (ensaios em paredes e divisórias) que, muitas vezes, são exigidas para instalações de salas seguras. Porém, tais normas não simulam os testes em uma situação real de incêndio no data center, o que não garante os limites de temperatura e umidade internos, as proteções contra vazamentos e jato de água, fumaça, gases corrosivos ou queda de escombros, por exemplo. Portanto, a opção por uma solução certificada, sempre garante a contratação do provedor que melhor cumpre e garante todas as exigências técnicas, inclusive permitindo a equalização justa entre os proponentes e facilitando a contratação da melhor solução pelo menor investimento.
Sala-cofre certificada: as normas que regulamentam sua instalação e manutenção, e os testes aos quais é submetida
Fogo, fumaça, temperatura, gases corrosivos, impactos simulando a queda de escombros, e água provenientes do combate a incêndio, além dos demais riscos inerentes ao local tais como: acesso indevido, roubo, sabotagem, explosão, arma de fogo, água proveniente de vazamentos de tubulações ou de andares superiores, poeira e eletromagnetismo são riscos físicos derivados de um incêndio e que podem afetar os data centers caso eles não contem com a solução chamada sala-cofre. Tais condições são determinadas na norma NBR 11.515 e ISO 17000, que classificam e orientam sobre quais riscos devem ser considerados e também sobre os limites de emergência que garantam a proteção dos equipamentos de TI e suas informações.
Manutenção especializada de sala cofre: conheça as ameaças físicas e os riscos operacionais
Nessas aplicações, para proteger os dados e os equipamentos de tecnologia da informação contra as ameaças físicas (tais como água, poeira, umidade, fogo, gases corrosivos, fumaça, roubo, impacto, explosão, magnetismo e sabotagem), recomenda-se e é usual aderir à sala-cofre certificada, que oferece um ambiente totalmente estanque e seguro. No Brasil a sala-cofre é certificada pela ABNT, conforme a norma NBR 15.247, acreditada pelo Inmetro e que garante um ambiente de alta confiabilidade e disponibilidade. É importante salientar que a NBR 11.515 define os limites de emergência dos equipamentos de tecnologia da informação – instalados no ambiente do data center – relacionados a temperatura e umidade, o que significa os limites máximos toleráveis sem que haja riscos à integridade dos equipamentos. Portanto, as empresas optam pela sala-cofre certificada a fim de garantir o nível mais elevado de proteção contra ameaças físicas. Além de, por meio disso, atender aos pré-requisitos da NBR 11.515 e garantir benefícios da modularidade, ampliação sob demanda de racks sem necessidade de interrupção da operação, reaproveitamento da solução e facilidades na transferência ou mudança de local. Para garantir o alto nível de resiliência da sala-cofre certificada, e de seus subsistemas, além de preservar o investimento inicial, é necessário que a manutenção seja executada por uma empresa especializada, credenciada e capacitada pelo fabricante, conforme previsto no procedimento de ensaio PE 047.7 – item 7.5, referente à NBR 15.247 e definidos pela ABNT. Por se tratar de uma solução totalmente integrada, a manutenção da sala-cofre certificada e de seus subsistemas (elétrica, ar condicionado e conectividade), deve ser realizada por uma única empresa especializada, minimizando riscos para a operação contínua e ininterrupta, inclusive que garanta o fornecimento das peças de reposições genuínas dos fabricantes.
Sala Cofre
A Sala Cofre é uma opção que oferece o maior nível de proteção e segurança, além de ser uma solução modular, escalável, pré-fabricada e de rápido deployment.
VER TODOS OS ARTIGOS >
Política de Privacidade
Termo de utilização
Política de Cookie
Mapa do site
© 2019 Aceco TI. All rights reserved